A fibra óptica atualmente é o cabo mais usado para transmitir dados de internet em alta velocidade por laser. O sinal é transmitido na velocidade da luz, isso garante mais qualidade, velocidade e estabilidade. Não há perda de sinal ou interferência devido a efeitos climáticos ou mesmo distância.

A fibra óptica fica protegida numa estrutura composta por:
– Fibra óptica
– Tubo Loose que são feitos em plástico resistente
– Kevlar, uma fibra sintética utilizada em colete a prova de bala
– Capa externa para proteção, assim o sol e chuva não conseguem danificar o interior do cabo
– Arame de sustentação/ancoragem que dá estrutura à fibra óptica

Achou q era simples, né? Agora, mesmo com toda essa proteção, por que ainda há situações de perda do sinal?

Em alguns casos, esse é um problema que pode ser resolvido facilmente pelo próprio usuário.

Certifique-se que está sem internet
Quando tentam entrar em um site e ele não carrega, muitos usuários já se desesperam achando que a internet caiu. Mas nem sempre isso significa que a sua internet está desconectada. Pode se tratar de um erro na digitação do endereço do portal, de uma página retirada do ar ou sobrecarregada.
Se isso acontecer, tente acessar outros sites para ver se a sua conexão está funcionando.
Faça o teste com outros dispositivos e também no acesso via cabo.

Problemas comuns da queda na conexão e como resolver

1- Posicionamento de cabos e fios

Os fios e cabos que são conectados ao roteador podem provocar a queda da conexão quando estão danificados, funcionando mal ou fora do lugar, por exemplo. É um problema básico, mas que muitas vezes passa despercebido.
Portanto, se você ficar sem internet dê uma olhada primeiro nos cabos e fios que estão conectados ao seu roteador. Se algum deles estiver desconectado, plugue-o novamente. Também vale à pena fazer o teste trocando a porta do roteador.

2 – Programas, firewall e malware
Esses podem ser vilões para a internet, bem como comprometer também o rendimento de todo o computador. Para verificar se um vírus ou software está atrapalhando a sua conexão, faça o teste em outros dispositivos, como smartphones e tablets para ver se é possível se conectar normalmente.
Se esse for mesmo o problema, vale recorrer a um bom antivírus para fazer uma varredura na máquina. Mas caso o seu computador já esteja com vírus, isso não será suficiente. A solução vai ser procurar uma empresa de informática ou um técnico para realizar uma reconfiguração completa no sistema operacional do seu PC.

3- HD e memória do computador
Se você observar pelo modem que a sua banda larga está estável, mas ao tentar se conectar no computador ela cai, pode ser que o problema esteja no HD da máquina. Isso acontece porque alguns modelos precisam de uma memória maior para operar e ao ligar a internet há uma sobrecarga.
Nesse caso, a solução é mesmo ampliar a memória na placa mãe.

4 -Problema na conexão sem fio
Por melhor que seja o seu plano, o wifi nunca vai ser tão estável e rápida como a do cabo LAN, que permite acesso à sua rede doméstica e está ligado ao computador. Por isso, é comum perder a conexão com a rede sem fio com certa frequência.
Se você ficar sem internet, clique no ícone do wifi no seu computador ou notebook e verifique se a sua rede wireless está disponível.
Em seguida, faça o teste: conecte o seu dispositivo diretamente no cabo de internet (LAN) para checar se ela volta a funcionar. Se constatar que o problema é mesmo só no wifi, tente reparar a conexão. Caso esse procedimento não resolva o problema, talvez seja hora de trocar o roteador para melhor a qualidade do sinal.

5 –  Proteja sua conexão
Se o seu wi-fi é aberto, ou seja, não possui senha para conectar, os problemas de quedas, dificuldade de conexão e lentidão da internet podem estar acontecendo porque outras pessoas estão utilizando a rede sem o seu consentimento.
Por isso, vale a pena proteger a sua rede com uma senha. Além de impedir que outras pessoas consumam sua internet e sobrecarreguem a conexão, isso deixa a troca de dados mais segura. Com o wi-fi aberto fica mais fácil que outras pessoas invadam sua rede e consigam acesso a suas informações ou até que te passem um vírus por ela.

6 –  Condições do roteador
Quando a sua internet cair é importante sempre dar uma olhada no modem ou roteador. Cheque primeiro se todas luzes estão acesas (cada uma indica o funcionamento de uma função). Os aparelhos variam de acordo com a marca e o modelo, mas geralmente você pode encontrar estas indicações luminosas:
LAN ou Ethernet que mostra a conexão entre modem e computador;
wireless sinaliza o estada da rede sem fio;
power para ver o aparelho está recebendo energia;
ADSL ou DSL indicam o funcionamento ou não do telefone fixo;
Data ou Activity mostra a ligação do modem com a internet.
Caso alguma das luzes esteja apagada ou piscando, tire o modem da tomada e deixe o aparelho desligado por alguns minutos. Depois, ligue-o novamente, espere todas as luzes se acenderem e veja se a conexão foi reestabelecida.
O problema pode estar ainda na “idade” do modem. Aparelhos muito antigos costumam provocar queda na internet.

7 – Número de dispositivos conectados à rede
Quanto mais gente se conectar a uma rede doméstica ou qualquer outra que seja compartilhada, mais comprometida ficará a velocidade da internet. Se na sua casa, por exemplo, existem vários usuários que precisam navegar na internet ao mesmo tempo, a saída é contratar um plano dibra óptica com mais velocidade ou até adquirir uma nova linha para a rede.
Além disso, pode ser que outras pessoas estejam usando a sua rede sem você saber. Por isso, tente colocar ou trocar a senha do seu wi-fi.

8 – Plano de internet
O desempenho da sua internet também está diretamente relacionado ao plano de fibra óptica que você contratou. Pacotes mais baratos e com velocidades menores, 20 ou 50 Mega, por exemplo, podem ser insuficientes para uma casa com muitas pessoas.


Embora a fibra óptica não sofra interferências do clima e tempo, também é possível queda no seu sinal de internet devido ao rompimento do cabo de fibra óptica. As causas mais comuns são:

Acidente com o poste
Sabemos que acidentes acontecem e pode ser que um automóvel bata no poste, o derrubando e rompendo todos os cabos de energia e/ou o de internet.

Tráfego de veículos altos em vias residenciais
Em vias residenciais a altura dos postes são menores por ser proibido o tráfego de veículos altos. Mas, vários motoristas não respeitam essa lei e passam nessas vias, batendo e rompendo os cabos.

Pipa com Cerol
Soltar pipa é legal, mas a pipa com cerol não. A prática é proibida e passível de ações legais, isso porque é muito perigosa para você e para quem está passando perto, especialmente ciclistas e motociclistas. Além disso, o cerol ou linha chilena é capaz de romper a fibra causando transtornos para toda a vizinhança.

Queda de galhos e árvores
Quando utilizávamos internet fibra rádio ou recebíamos a banda larga através de cabos de rede comuns, era possível sentir impacto na performance do serviço de internet quando o tempo fechava, não é mesmo? Uma das grandes vantagens da fibra óptica é justamente não sofrer interferências do clima e tempo. Ainda assim, devido a não manutenção das podas de árvores, há chances de queda de galhos e árvores nos fios, rompendo-os.

Em todas essas situações você pode contar com o nosso suporte 24h através do 0800 046 2000.